Pré venda – Guia de Jargões e Expressões do Bàdiu com Brocoió

R$29,90

Em estoque

Calcular Frete
Forma de Envio Custo Estimado Entrega Estimada
Categoria:

Descrição

O Brocoió, protagonista das historinhas da cartunista Eva Nazca, completa 50 anos em janeiro de 2021. Para comemorar o quinquagenário do menininho cativante de Bufarinha, Eva convidou o antropólogo Rui Poente para comemorar em grande estilo, com O Guia de Expressões e Jargões do Bàdiu com o Brocoió.

Neste guia totalmente ilustrado, Eva e Rui contam com maestria a origem das 250 expressões e ditados mais populares dos filhos de Raoní. Prepare a vassoura, é hora de alçar voo em uma viagem etimológica em terras paliadas!

Envios a partir de 17/02

SOBRE OS AUTORES

EVA NAZCA, é uma das maiores cartunistas do Bàdiu, tendo criado personagens importantes como o Brocoió e Joel e a Patota, histórias que embalam gerações através dos maiores folhetins do país, produtos colecionáveis, livros e revistinhas periódicas.

Eva Nazca também é um destaque do mercado propagandista, sendo a criadora de mascotes que se tornaram referências nacionais, a exemplo da simpática vaquinha do caldo de carnes Vaca Lola e do excêntrico garotinho das embalagens do biscoito Juruázinho Crec.

RUI POENTE, escritor, antropólogo e professor brasileiro, esse Sarcense é orgulhosamente nascido e criado na pequena Flauta de Pã. Autor em outros sete títulos literários, é aclamado pelo público e pela crítica, trazendo com clareza e sem mistificação as mudanças, transformações e hábitos da sociedade

 

EPILOGO

BROCOIÓ.

  1. Indivíduo do interior, simples, sem traquejo; caipira, capiau, jeca.

Dicionário Salamandra de língua portuguesa

 

Há cinquenta anos nosso Brocoió nascia na maternidade do papel e nanquim. Uma hora após ser concebido na cabeça fantástica de sua progenitora, Eva Nazca, o jeca mais amado do país já vivia a sua primeira aventura.

A Austrense Eva Barata Nazca criava despretensiosamente naquela noite de 1971 o que viria a ser um dos símbolos culturais deste Bàdiu de brasileiros. Ela desenhava em uma mesa manchada com sombras de fracasso, em sua cidade natal, Xaxim, mas quisera que sua simpática personagem fosse cria de Bufarinha, cidadela encantadora da fantasiosa demarcação de Meão.

Consultando um dicionário velho, Eva, na época com trinta e dois anos de idade e desventuras, encontrou em um sinônimo caipira o nome daquele que transformaria toda a sua vida. Brocoió não mudou apenas o destino de sua talentosa criadora, mas de meninos e meninas, que assim como a desenhista, procuravam um caminho a seguir.

Ingênuo, em um misto de bondade e ignorância, o guri, através de Eva Nazca e suas histórias, ajudava a construir o caráter de gerações inteiras, que assim como nosso adorável protagonista, eram cheios de curiosidade e vontade de aprender.

O Brocoió ultrapassou a barreira do entretenimento, se perpetuando em décadas como um símbolo nacional.

Em comemoração aos cinquenta anos de aventuras do nosso matuto, Eva Nazca resolveu comemorar em grande estilo, trazendo com o antropólogo Rui Poente um guia que assim como Brocoió, é a cara do Bàdiu.

Este historiador que já viu de tudo um pouco, lhe convida a se deliciar nas páginas seguintes com aquilo que considera ser o supra sumo do linguajar desta nação. Seja-bem vindo a uma deliciosa viagem etimológica das terras Brasilis.

Vida longa a brilhante Eva Nazca. Felicidades ao nosso pequeno, mas gigante, menino de Bufarinha.

Carlos Efesto

 

 

 

 

Informação adicional

Peso 300 kg
Dimensões 23 × 16 × 2 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Pré venda – Guia de Jargões e Expressões do Bàdiu com Brocoió”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *